Entrevista com Miguel Gouveia

 

Miguel Gouveia, um amigo e grande empreendedor

Olá. Daqui Sílvio Fortunato com mais um vídeo e desta vez trago-vos um grande amigo, o Miguel Gouveia que foi alguém com quem me cruzei no meu projeto e a quem ajudei. Admiro-o muito pois é uma pessoa que sempre esteve muito focado no que queria faze e nunca se deteve perante nada. O Miguel está há um ano a desenvolver este projeto comigo. É natural de Braga mas vive no Algarve. Afirma que, deste que chegou aos LazyMillionaires, aprendeu a gostar do que faz e da pessoa que é. Depois de percorrer vários empregos, entrou neste projeto em busca da sua liberdade e de uma maior qualidade de vida. Nunca imaginou que ao aqui chegar iria encontrar uma família com esta, cheia de motivação e compromisso e com uma visão tão clara sobre um objetivo. Connosco ele pode ser ele próprio e pode dar o seu máximo. O Miguel encontrou-nos porque antes de desenvolver Internet Marketing, desenvolvia Network Marketing e fundou uma empresa a que era muito dedicado. Aí pode encontrar a sua liberdade profissional. A sua dedicação era tanta que rapidamente percorreu a sua área de residência e quis expandir o seu negócio embora não tivesse possibilidades financeiras para o fazer. Como não gosta de cruzar os braços, sentou-se em frente ao computador e pesquisou até que acabou por encontrar os LazyMillionaires e as ferramentas para atingir os seus objetivos. Rapidamente percebeu que se deveria dedicar única e exclusivamente ao Internet Marketing pois é um negócio sem fronteiras. O Miguel gosta da possibilidade de poder estar em casa com a família, trabalhar em simultâneo e poder alcançar pessoas em todo o mundo de forma a passar a sua mensagem e duplicar o seu trabalho. Disse-me que comigo aprendeu a importância de partilhar os seus conhecimentos para poder expandir-se no mercado.

Os ganhos de 30 mil euros no último ano

A sua história personifica muito o que se está a passar no mercado do Marketing de Rede Tradicional, tendo em conta que hoje se utiliza imenso a Internet para poder trabalhar e expandir o negócio. A Internet permite-nos ir mais longe e fazer as coisas de uma maneira completamente diferente. Continuo a adorar o Marketing de Rede porque é uma indústria que me deu muito e com a qual aprendi muito. Deu-me o Mindset, o ambiente e a aprendizagem necessários para poder criar equipas. O que nós fazemos é o melhor do Marketing de Rede e o Miguel é exemplo disso. Para ele, algo mudou na sua vida desde a sua entrada nos LazyMillionaires. No seu emprego, ganhava 8 mil euros por ano e com a Empower e os Lazys, ganhou cerca de 30 mil euros no último ano, ou seja uma quantia que demoraria 5 anos a ganhar no seu emprego. A sua qualidade de vida mudou também porque o Miguel é dono dele mesmo e do seu tempo. Sempre o desejou ser e isso para ele é muito gratificante. Adora a ideia de poder pegar no seu portátil e estar em qualquer parte do mundo. O Miguel não tinha quaisquer conhecimentos de Internet Marketing quando começou nos LazyMillionaires. Só usava a Internet como um meio de pesquisa e o que sabe hoje não se compara ao que sabia há um ano atrás. Aprendeu muito com o grupo e o grupo desafia-o a aprender sempre mais. Os Lazy ensinaram-lhe aquilo que muitas empresas demoram imenso tempo a aprender e são conhecimentos para a vida. É fantástico poder adquirir competências e ser livre ao mesmo tempo. É essa mesma a nossa missão.

Ou dá ou dá

A família do Miguel estava apreensiva com este negócio. Pediam-lhe que tivesse cuidado com os riscos que iria tomar mas a verdade é que hoje pode levar os seus pais a sua casa e deixá-los descansados com a segurança financeira que eles podem testemunhar. O Miguel recorda a primeira vez que me viu pessoalmente e ressalva com ternura o abraço que lhe dei. Fico contente quando o Miguel diz que sou uma pessoa normalíssima como qualquer outra. São palavras muito bonitas e é isso mesmo que quero transmitir às pessoas. A verdade é que o Miguel é uma pessoa sem grandes estudos, tal como eu. Atenção que com isto não quero menosprezar quem tem formação a nível de ensino superior. Quero apenas demonstrar que mesmo as pessoas com menos formação também têm a oportunidade de ganhar 30 mil dólares por mês. Bastou um ano para que o Miguel melhorasse as suas capacidades e a sua qualidade de vida. A sua perseverança é impressionante e o Miguel também partilha da mentalidade do “Ou Dá Ou Dá”.

O Miguel aconselha: Seja empreendedor

O Miguel é uma pessoa contributiva e está sempre disposto a partilhar aquilo que sabe com os outros. É para encontrar pessoas como ele que trabalho todos os dias. É essa a magia de tudo isto. É poder encontrar pessoas melhores que nós em alguns níveis. Hoje não sou eu quem ensina o Miguel, aprendemos um com o outro. Somos parceiros e estamos em pé de igualdade. O conselho que o Miguel dá a todos aqueles que, tal como aconteceu com ele, estão descontentes com o que fazem e estão preocupados com o futuro e que procuram mudar a sua vida é que invistam no seu conhecimento. E os Lazys é o grupo mais recomendado para alavancar qualquer negócio, na sua opinião. Considera que esta família o ensina a ter credibilidade. É importante que se dediquem ao máximo em tudo o que realmente querem e têm de ser os melhores todos os dias. É necessário que tenha espírito empreendedor. O Miguel aconselha-o a avançar e experimentar. Não pode ter opinião sobre algo que não conhece, não é? Faça o mesmo que o Miguel fez e não tenha medo de avançar. O Miguel sentiu que era esse o seu caminho e avançou. Acrescentou ainda que não me costuma fazer perguntas porque eu sou claro e conciso naquilo que digo.

Ter críticas é sinal de sucesso

Quando fazemos algo de diferente de todas as outras pessoas, elas tendem a criticar-nos e aí podemos distinguir dois tipos de pessoas: as que nos criticam porque se preocupam connosco e aqueles que nos criticam por têm medo do nosso sucesso. Temos de ter a coragem de correr riscos e de receber críticas das pessoas que nos rodeiam. Tudo isso faz parte do processo. Como digo no meu livro, ter sucesso não é mais do que sucessivos fracassos. Também o Miguel recebeu críticas, o que o incomodou muito principalmente porque algumas dessas críticas eram feitas nas suas costas. Depois de me ouvir dizer que se recebemos críticas é porque estamos no bom caminho para fazer algo de diferente, ficou mais descansado e soube que estava a fazer tudo bem.

A sua visão de futuro

Para o Miguel, é reconfortante saber que está no caminho certo e que conseguirá ajudar milhares e milhares de pessoas com a sua forma de trabalhar, mudando as suas vidas com o desenvolvimento que vai adquirindo. Ele afirma que devemos dar o máximo para atingir os objetivos e acredita que se pessoas como eu e ele conseguimos aqui chegar, outros certamente também conseguirão. Sente-se reconfortado, também, com a vertente da ação social que os Lazys desenvolvem e eu aproveitei para relembrar que dentro em breve voltaremos a fazer as nossas expedições à Guiné Bissau, onde levaremos 50 carros e 4 ambulâncias. É importante fazer a diferença no mundo ajudando as pessoas a pensar de maneira diferente e a serem independentes.

Foi um prazer poder entrevistar o Miguel, a quem admiro muito e a quem dou os meus parabéns pelo que já conseguiu. Recebi palavras de gratidão da sua parte, o que me deixou bastante emocionado e com uma sensação de dever cumprido.

Obrigada a todos e até ao próximo vídeo.

PS: Se quer começar a trabalhar mais de perto comigo, aqui está uma solução rápida : www.networking-power.com/sist3ppt?ad=blogk_entremiguelgouveia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *